terça-feira, fevereiro 17, 2009

Café





Cadeiras de plástico verde em esplanadas
Na manhã estremunhada em grãos de supermercados
Como extensas plantações e o sol como um edredon
O sol derramado em gargantas no dia ainda planalto
Leves buracos negros de doce voracidade
O ralentado prazer do cosmos em expansão
Mesas verdes inclusive com letras bem desenhadas
Despertam serenidades soalheiras nas manhãs
De confortos rarefeitos em rebordos esmaltados
E sobe o café tão negro em mantras de cálida paz


Imagem de: www.photographyblog.com.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

advertising
advertising Counter