terça-feira, julho 06, 2010

Golpe de calor





O calor cresce como um véu de fumo
Fumo de um cigarro, esvai-se como a vida
E cresce, no entanto, será psicológico?
O tempo mental e o cronológico
O calor, uma nuvem densa e comprida,
Que embota os sentidos e lhes perde o rumo

Em tempos assim não há conclusões
Tudo se esborrata numa tela bruta
De um autor difuso e avesso à fama
E o corpo suplica movimento e cama
E a alma discorre entre a paz e a luta
A queda e a ascensão entre insolações


Imagem de: www.jgossman.com (acrílico sobre tela de Joanne Gossman).

1 Comments:

Anonymous Grispino said...

Olá! Estamos seguindo seu blog, te convido a seguir-nos também! Conheça nosso trabalho... Parabens pelo Blog! Abraços!

7:21 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

advertising
advertising Counter