quinta-feira, outubro 21, 2010

Matéria





A pedra é fria
A lua vazia
O sol é quente
Relativamente
E é fresca a hora
Que o Outono inventa
A luz pardacenta
Que se demora
Na imaginação
Entre céu e chão
E há quem julgue ver
Quem julgue saber
A ideia etérea
Além da matéria
Da pedra batida
Do sol persistente
Do que é existente
Ou do que julgamos
Ao longo dos anos
Ao longo da vida

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

advertising
advertising Counter