sábado, março 03, 2007

Lá fora e cá dentro




Faltei repetidamente às minhas obrigações
E, faltando, pequei por deslocalização,
Sufocado entre páginas pesadas de livros sagrados
E olhares de quem me censura sem me censurar.
Lá fora, mantém-se estático e cinzento o céu,
As árvores naturistas, despidas de culpabilidade.
Os outros, sempre os outros, formigam persistentemente
E sabem que falhei, mesmo não me olhando.
Lá fora, gira o planeta num ritmo sempre igual,
Sucedem-se as estações e as vidas, sempre iguais...
Lá fora é tudo o que não é cá dentro.
Sou um tigre enjaulado e impaciente
A quem se esqueceram de trazer a refeição.


Imagem de www.lib.uwo.ca.

2 Comments:

Blogger Maria P. said...

Fantástico!

"sempre os outros" será?!...

Beijinhos*

9:59 da manhã  
Blogger Lila Magritte said...

"Sou um tigre enjaulado e impaciente"

Así se te siente. Y así te abrazo.

2:42 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

advertising
advertising Counter