terça-feira, junho 20, 2006

Súplica ao vento revolto


Ó vento que me levas e me arrastas,
Que sopras faúlhas nos fornos acesos,
E empurras folhedos tão indefesos...
Que, a teu bel-prazer, juntas e afastas,
Que uivas um uivo duro e calado,
Vento tirano, mas bem educado...
Leva-me, vento, até ao meu pai!
Leva-me e parte. Simplesmente vai...


Imagem de www.energy.ca.gov.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

advertising
advertising Counter