quarta-feira, setembro 13, 2006

Composição com gente a mais


Todos, reunidos em tantas partes,
Tantas partes que é inútil ler enciclopédias,
Tantas partes, reunidos, sempre prontos a falar,
Escancaram olhares, máscaras atentas ou são apenas loucos...
Todos os discursos são barbitúricos fragmentados.
Já não ouço mais ninguém, tenho os sentidos esmagados,
Ei-los todos tão atentos, tão entusiasmados,
Tanto, tantos, estimulantes para quê?
Tomo chávenas de café no meio da confusão
E eis-me sempre quebrantado, desejoso de dormir,
O sono dos justos ou injustos, o sono de qualquer modo...
Que importa que tipo de sono? Quem são eles para me julgar?


Imagem de http://nubenumeronueve.blogspot.com/ (tela de Margrete Heising - 1973).

1 Comments:

Blogger karvoeiro said...

Ei-los todos tão atentos...

4:52 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

advertising
advertising Counter