quinta-feira, junho 09, 2011

Portugal acordou de cara lavada (final)


Cara lavada e não sorri... Porque será?
Uns continuam sempre iguais e silenciosos
Outros deliram sob focos luminosos
Outros ainda são petardos furiosos
De tanto se viver ao Deus-dará.

Portugal gatinha ainda, inseguro,
Enquanto do outro lado do oceano
Se abriga o corrupto desumano
Como em setenta e quatro, mano a mano...
Que sambe muito, longe do futuro!


Imagem de:www.stockphotos.it. 

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

advertising
advertising Counter