quinta-feira, março 17, 2011

Às personalidades que desconhecem a concordância de género e número entre tanto mais





Uns afirmam que a economia estão mal
Outros que os portugueses tem que aprender
E tantas falhas discursivas dá a entender
Que faltará mesmo cumprir-se Portugal

Todos é árbitros de bancada a debitar
Sobre o periúdo terrível que perdura
Mas teriam que comer e beber cultura
Digeri-la, até, em vez de vomitar

Revoltam-se os calhaus, sorriem as pessoas
Que vivem as rotinas das suas Lisboas
E chega ainda empréstimos semanalmente
No Portugal cumprido, comprido, indolente


Imagem de: http://provafinal2012.blogspot.com/.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

advertising
advertising Counter