terça-feira, julho 18, 2006

Historinha silábica recorrente


No início é a luz!
Vem a expressão no olhar que corta.
Vem a entoação que traz o desconforto.
Vem a hora estagnada com a conversa morta.
Vem a insatisfação instintiva e o desejo torto.
Vem a contrariedade insuportável de se desejar.
Vem o que não vem, não é, não foi, o amordaçar.
No fim é o caos...


Imagem de www.markhalsey.com (óleo em tela de Mark Halsey).

2 Comments:

Blogger Lila Magritte said...

¿Es posible que del caos nazca algo mejor?
La esperanza es una fuerza que ayuda a construir lo que queremos, pero hay que luchar contra el desencanto.
Abrazos.

6:04 da tarde  
Blogger Maria P. said...

Muito bonito e verdadeiro.

Um beijinho.

10:50 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

advertising
advertising Counter