segunda-feira, abril 28, 2008

Astenia





Cheira-me a incenso e a enxofre
No fundo impenetrável das narinas
Onde os pêlos não varrem as ideias.
Tudo se choca em mim com baques secos,
Como num jogo de bilhar sem vencedores:
A actividade e a astenia em mútua sabotagem
E no fim tudo fica um pouco por fazer
Mesmo quando feito, sempre um passo atrás...
Quem dera tarefas que se completassem totalmente!
Quem dera textos simples, claros, objectivos!
Quem dera o sol rodando no céu fluidamente!


Imagem de: www.victorianweb.org (carvão de Sir Edward Coley Burne-Jones - 1874).

1 Comments:

Blogger L. said...

burne jones é deveras interessante...

3:12 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

advertising
advertising Counter