segunda-feira, abril 16, 2007

De que serve a primavera




De que serve a primavera,
O canto das aves canoras,
Se tudo em mim degenera,
Se em mim se arrastam as horas?

Se os raios solares me encandeiam
Como lanças do divino
Quando os campos se incendeiam,
De que serve o sol a pino?

Tudo é lento e arrastado,
Reflexos, o tempo parado,
Artificialmente triste...

E nada efectivamente existe.
Ouço-os rir, conversar,
E eu, alma penada a pairar...


Imagem de http://tink-n-toad.com.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

advertising
advertising Counter